E o tal príncipe que não chega? | Por Carla Freitas

Por Carla Freitas

Nestes últimos tempos, em que muito se falou em dia dos namorados, amor eterno, almas gêmeas e final feliz, foi quase impossível não lembrar por demais de um autor que admiro: Oscar Wilde. Ele dizia que a maior tragédia na vida se resume a duas coisas: conseguir aquilo que se deseja ou não se conseguir. Como assim? Explico…

Atualmente, a maioria das pessoas almeja um conto de fadas. Principalmente, as mulheres. Quem nunca ficou imaginando como conhecerá o homem que vai mudar a sua vida? Ah! A tão esperada chegada do princípe encantado… Você até paga cartomante para saber como ele é! O companheiro ideal é nada menos do que aquele cara que abre a porta do carro, tem boa aparência e boas maneiras, que ganha sua família apenas com um sorriso. Mas, não é tudo! É lógico que ele vai te pedir em casamento. Assim sendo, porque não passar horas imaginando como será o seu vestido de noiva e, especialmente, a cerimônia? Mas espera um minuto… E os filhos? Com certeza, você vai precisar decidir quantos serão e os nomes… Quase uma odisséia imaginária!

Os homens, por outro lado, também idealizam. De forma diversa, é claro! Mas também o fazem. Eu sei, eu sei. É difícil acreditar, mas é verdade! Eles querem uma mulher bonita, daquele tipo que quebra o pescoço dos outros caras, que, simplesmente, param quando ela passa na rua cheia de graça. É lógico que ela deve ser educada, culta, mas, principalmente, de família! Pode até achar que é independente, mas deve pedir ajuda dele para abrir o vidro de palmito! Enfim, que cuide da casa e seja a mãe exemplar dos seus filhos.

É meus queridos amigos e leitores, como diz o samba: “sonhar não custa nada”. E eu, ainda, acrescento, mas será que é real? O fato é que quando se trata de sonhos, todos somos apenas seres humanos. Logo, nada é impossível. O que dirá, então, sobre os anseios acerca do relacionamento perfeito? E não venha com esta história para boi dormir que você não pensa nisso. A não ser que seja um psciopata, sem sentimento algum dentro do seu ser, com certeza, em algum dia frio de inverno, já se perguntou onde estaria a sua outra metade.

Vamos ser honestos aqui… Inclusive, eu. Apesar da vida ser boa e encontrarmos mil e um motivos para sermos gratos, de nada vale quando não temos com quem dividir. Assim sendo, apesar de não querer assumir, você também quer o comercial de margarina tanto quanto eu, ainda que esteja passando por uma fase rebelde.

Muito complicado isso de não conseguimos o que queremos… Sábio Oscar! E o outro lado da moeda? Quando encontramos, será que somos felizes como imaginávamos que seríamos? Sinto em dizer que não! Depois de um certo tempo, você percebe que o homem mais charmoso do mundo ronca! E lembra daquela moça cheia de qualidades? Então, a coitada não sabe cozinhar! E ai? como fica? Conseguimos o que queríamos, mas não era bem daquela maneira… Sábio Oscar!

Tragédia? Não! Simplesmente, VIDA. Desta forma, aproveite o que tem! Proponho que no próximo dia 12, cada um poste no seu facebook: “Estou em um relacionamento sério comigo mesmo”. Comprometa-se apenas em se fazer muito, mas muito feliz! Se ainda não conseguiu o que quer, ou seja, se não tem ninguém, comemore sua solterice! Junte seus amigos e vá dançar. Diverta-se! Se já conseguiu, ou seja, tem alguém especial, deixe de lado as diferenças. Compre um belo presente, declare seu amor e, principalmente, beije muito! Feliz Dia dos Namorados a todos!!!

http://www.portalcarlafreitas.com.br/sugestaoparadozedejunho

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s