Dica de leitura: O Noivo da Minha Melhor Amiga

O que você faria se encontrasse a pessoa certa na hora errada?

O que você faria se essa pessoa fosse o noivo da sua melhor amiga?

Rachel é uma advogada novaiorquina que sempre foi considerada a “certinha” do grupo. Ela sempre procurou ser uma boa filha, amiga, aluna, profissional e, ocasionalmente, namorada, mesmo quando isso ia contra aquilo que ela realmente pensava e sentia, os outros sempre vieram primeiro e ela, absurdamente, considera nobre esta atitude.

Com toda essa pinta de boa moça e esse jeito submisso, ela alimenta o sonho de um dia encontrar o grande amor da sua vida. Quando criança ela sonhava estar bem casada e com filhos antes dos 30 anos e quando a idade chega e ela não tem 1/3 do que imaginava que teria nesta idade, Rachel começa a entrar em parafuso.

Darcy se casará com Dex, e eles se conheceram graças a Rachel, amiga em comum dos dois. Darcy sua melhor e mais antiga amiga e Dex seu amigo de faculdade, que durante algum tempo ela alimentou uma paixão secreta, mas ele era tão perfeito, inteligente e bonito que Rachel achou melhor ficar na sua e ser uma boa amiga, afinal, ele não fazia o seu “tipo”. Como não é ciumenta nem nada, Rachel apresentou os dois que, apesar de serem o oposto, se apaixonaram e sete anos depois decidem se casar e Rachel (claro) é a madrinha da união.

No aniversário de 30 anos de Rachel, sua best friend Darcy resolve fazer uma festa supresa para comemorar essa “grande” fase da sua vida. Darcy, como sempre, rouba a cena e no alge da bebedeira faz uma dança sensual no balcão do bar e seu noivo, Dex, decide que é o momento de ir embora. Darcy, no entanto, esquece sua bolsa e Dex é obrigado a voltar para buscá-la e decide ficar mais um pouco para comemorar o aniversário de sua velha amiga de faculdade (Rachel). Eles vão para outro bar e continuam a bebedeira, relembrando os tempos de faculdade, o professor que detestavam e as horas e mais horas que estudavam juntos até que decidem que já passou da hora e é melhor ir embora. Ambos pegam o mesmo táxi que no caminho, num momento oportuno, passa por um buraco e Rachel, bêbada, é arremessada para o colo de Dex e é onde as coisas começam a complicar.

Tomados por um desejo repentino, eles se beijam avidamente e decidem que uma parada, apartamento da Rachel, é o suficiente. Sobem aos beijos e tropeços e tem início ao período mais conturbado da vida da nossa protagonista. O dia seguinte chega, mas o arrependimento não. Apesar do susto ao acordar com Dex nu ao seu lado e a voz estridente de Darcy na secretária eletrônica, ela está incrivelmente feliz e nem um pouco arrependida, ela sente que Dex é a pessoa que ela procurou a vida toda, mas que apareceu na hora errada. Eles estão cada vez mais apaixonados, Dex não para de pensar em Rachel e Rachel pensa em Dex o tempo todo, mas o casamento está próximo e esta situação (ou relacionamento) tem prazo de validade, 2 meses.

As coisas ficam mais intensas e Rachel não vê Dex tomar atitude alguma para mudar isso (cancelar o casamento), então lhe dá o ultimato “só me procure quando decidir o que quer” e para se manter firme na decisão que tomou, Rachel decide que este é o melhor momento para visitar seu amigo Ethan na Inglaterra. Lá procura se distrair de todas as formas, faz tour pela cidade, conhece diversos pubs e até conhece outros caras, mas sente que falta alguma coisa e após passar alguns dias em Londres retorna para casa, sua vida mediocre e o casamento de Dex.

Seu retorno à Nova York é marcado por reviravoltas e vale a pena conferir, não falarei senão perderá a graça, mas tem uma frase de Rachel que me marcou, acho que traduz o espírito do livro e de nossas escolhas: “…Mas  aprendi que é você quem constrói sua própria felicidade, que para ganhar algo que deseja muito é necessário perder algo também. E quando os riscos são grandes, as perdas também podem ser.” É uma frase meio Homem-Aranha para mulheres, mas diz muito.

Nunca havia lido Emily Giffin e gostei muito da sua narrativa, do humor dos personagens, da estória, vale a pena conferir e ela tem ótimas referências no mundo literário, Marian Keyes (Melacia), Lauren Weisberger (O Diabo Veste Prada) e Meg Cabot (Diário da Princesa) rasgaram elogios para descrever o enredo que brevemente vocês lerão.

Para quem não é fã de leitura, existe a oportunidade de assistir o filme “O Noivo da Minha Melhor Amiga”, com Ginnifer Goodwin (Ele não está tão afim de você) como Rachel, Kate Hudson (Como perder um homem em 10 dias) como Darcy e o lindíssimo Colin Egglesfield (da série Melrose Place) como Dex. No livro o personagem Ethan não é tão presente, mas no filme (interpretado por John Krasinski) ele dá uma pitada de humor muito especial que rende muitas risadas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s